THE DELAGOA BAY COMPANY

Outubro 7, 2012

ELIAS MAIO, HÉLDER MOURA E CÂNDIDO VEIGA, O FERROVIÁRIO VENCE A TAÇA SALAZAR. 1950

Fotografia de Carla Pinhal, restaurada.

 

Taça Salazar ganha pelo Clube Ferroviário em 1950″. Da esquerda para a direita, Elias Dias Maio, Helder Moura e Candido Veiga.

Setembro 15, 2012

A EQUIPA DE FUTEBOL DO FERROVIÁRIO DE LOURENÇO MARQUES NO AEROPORTO, ANOS 1950

Filed under: 1950 anos, Equipa Ferroviário LM, FUTEBOL MOÇAMBIQUE — ABM @ 1:15 pm

Fotografia de Carla Pinhal, filha de Armindo Pinhal, gentilmente cedida e que restaurei.

A foto não tem legenda. Deve ter sido tirada na segunda metade da década de 1950, é a equipa de futebol do Ferroviário a embarcar para a Africa do Sul.

Da esquerda para a direita:
Fila de baixo – Marques Neves, Costinha, Liua, ?, Cândido Veiga
2ª fila – Costa Pereira, Elias Dias Maio (tio da Carla), Epifanio Cunha, ?, Henrique Rodrigues, ?, Hélder Moura, Gilberto Morais, Severiano Correia (treinador)
3ª fila – Reis, Trigo de Morais, Valentim
4ª fila – Amadeu Castelo, ?, Viana

Quem conhecer mais alguém nesta foto, por favor escreva uma linha para aqui.

A equipa de futebol do Ferroviário no Aeroporto de Lourenço Marques, antes da partida para um jogo na África do Sul, anos 1950. Para ver a fotografia em tamanho gigante, prima na imagem com o rato do computador.

Outubro 27, 2011

ANTÓNIO CARDOSO E ARMANDO ROCHA NO FUTEBOL, ANOS 70

Muito grato à Maria Leonor Cardoso pela disponibilização das fotografias aqui contidas (e também o Armando Rocha)

Para ver estas fotografias em tamanho gigante, por favor prima na imagem que quiser ver duas vezes com o rato do seu computador.

 

Neste jogo entre o Benfica e o 1º de Maio, António Cardoso está do lado direito, de camisa escura.

 

Creio que num jogo entre o Benfica LM e o Ferroviário LM, Cardoso é o Nº3, a saltar atrás da bola.

 

A equipa do Benfica LM no dia de apresentação do novo treinador, o legendário Serafim Baptista. Cardoso é o 5º jogador a contar da esquerda. Quem souber outros nomes, por favor escreva uma nota para aqui.

 

Nesta imagem de um jogo, Armando Rocha é o de branco mais à esquerda e Cardoso o de camisa branca mais à direita.

 

Nesta imagem, Cardoso está logo à direita da bola.

 

Num Benfica LM-Sporting LM, Cardoso está atrás do jogador do Sporting, enquanto que Armando Rocha está do lado direito.

 

Nesta imagem, Cardoso está no ar, do lado esquerdo da baliza.

 

 

Junho 22, 2011

HOMENAGEM A ADÃO RIBEIRO – O INESQUECÍVEL VALOR DO DESPORTO DE MOÇAMBIQUE

Fotos do magnífico Roger Tutinegra.  Grato ao Jozé Rodrigues.

Para além da profícua actividade como atleta e treinador em Moçambique, antes de arrumar as botas, Adão Ribeiro treinou ainda o Sangalhos, o Ginásio Figueirense e relançou o basquet no Ginásio Clube de Águeda.

O velho leão tem estado doente. Daqui vai uma nota a desejar-lhe as melhoras e referir que a sua obra não será esquecida por nós.

Nas fotos em baixo faltam (maningues) nomes mesmo. Quem tiver a paciência de ajudar, agradeço mandar mensagem para aqui.

Adão Ribeiro, aqui à direita, com Mário Machado.

1945. A equipa de futebol Júniores do Sporting LM.

Namaacha, 1952. A equipa de futebol do BNU venceu o torneio na Vila.

1952. A equipa de vóleibol do BNU.

1954. A equipa de futebol do Ferroviário.

1954. É anunciado que Adão Ribeiro vai jogar basquet para o Benfica na Metrópole.

1958. Na equipa do Ferroviário LM.

1958. A equipa de basquet do Ferroviário treina em Joanesburgo.

1960. Numa partida contra o Sporting LM.

Adão Ribeiro dá uma entrevista,anos 60.

1961. O Ferroviário, campeões Distritais.

1962. No Fundão. O Ferroviário representa Moçambique na Taça de Portugal.

1967. A equipa de basquet do Ferroviiário LM. Adão Ribeiro à direita de pé.

1967. Adão Ribeiro posa com os Harlem Globetrotters, que se encontravam na capital moçambicana.

1973. Momento de auge: o Ferroviário, é campeão provincial e de Portugal.

1973. Homenagem aos campeões nacionais.

Jimmy Romeo, baluarte da equipa ferroviária, encesta a bola.

A equipa do Malhangalene - a revelação.

A equipa de basquet do Malhangalene. Timoneiro - Adão Ribeiro.

1973, no Malhangalene. O momento da vitória.

Cabeçalho de um artigo: os moçambicanos dominam no basquet.

O Ferroviário em 1974.

1976. Com Adão Ribeiro, o Ferroviário é o campeão de Moçambique Independente.

Junho 8, 2011

CARLOS TROCADO FERREIRA, JOSÉ CARLOS COSTA E CARLOS NEVES, CFM, 1976

Foto gentilmente cedida pelo Carlos Trocado Ferreira.

Trés dos jogadores co Clube Ferroviário de Moçambique (Maputo), campeão nacional de júniores em 1976. Na imagem, da esquerda: José Carlos Costa, Carlos Trocado Ferreira e Carlos C. Neves.

Maio 16, 2011

IN MEMORIAM: RODOLFO ALBASINI, JOGADOR MOÇAMBICANO NO FUTEBOL CLUBE DO PORTO, 1930-2011

A equipa do Futebol Clube do Porto em 1952. Inaugurado na altura o Estádio das Antas, esta é considerada a fase crucial em que o clube inicia o regresso à competitividade. Segundo Armando Pinto, "Integravam a equipa do F. C. Porto, por essas épocas, com efeito, nomes sonantes do futebol, como os que compunham a equipa da foto, vendo-se: em cima, a partir da esquerda para a direita – Américo, Virgílio, Ângelo Carvalho, Barrigana, Valle, Del Pinto, Albasini e Osvaldo Cambalacho; e em baixo, pela mesma ordem – Hernâni, Porcel, Monteiro da Costa, Pedroto, José Maria e Carlos Duarte."

Faleceu hoje na cidade do Porto Rodolfo Albasini, que jogou na equipa principal do Futebol Clube do Porto nos anos 50.

Era o irmão mais velho dos igualmente conhecidos Sérgio e João Albasini.

Rodolfo Albasini deixa família.

Para assinalar esta ocasião, com vénia, reproduzo o excelente texto do Sr.  Armando Pinto (um profundo conhecedor dos assuntos do Futebol Clube do Porto) publicado há um mês e meio no seu blogue Lôngara e que pode ser lido em baixo. Há ainda uma referência no texto ao também moçambicano Fernando Perdigão, sobre o qual o Sr. Pinto também fez um texto.

Refiro ainda a página que o Rogério Carreira preparou sobre esta figura grande do desporto de Moçambique, e que pode ser vista AQUI.

RODOLFO ALBASINI, por Armando Pinto

Albasini era então um jovem oriundo de Moçambique, de nome completo Rodolfo Silva Albasini, nascido em 1930, o qual teve a “desdita” de ter jogado no campeonato português durante um dos longos períodos em que foi mais acentuado o poderio dos bastidores de Lisboa, tendo feito parte da equipa do F. C. Porto ainda no decurso da primeira travessia, então de 16 anos em que o F. C. Porto esteve sem ganhar o campeonato nacional… perante sucessivas peripécias que ficaram para a história de casos e mais casos.

Rodolfo Albasini é entrevistado no dia 14 de Setembro de 1952, após um jogo com o Benfica.

Albasini foi um valoroso futebolista Moçambicano que veio em 1952 para o F. C. Porto, junto com o Angolano Carlos Duarte e o também Moçambicano Fernando Perdigão, numa época em que a equipa azul e branca se reforçou ainda com Pedroto.

Rodolfo Albasini fez parte do plantel principal até ao início de 1954, tendo então sofrido uma grave lesão num joelho, que acabou com sua carreira a nível de alta competição, ainda muito jovem.

Miguel Arcanjo, Oswaldo Silva, Rodolfo Albasini, e Hassani-Ali.

Rodolfo Albasini era um valor saliente, chegando a ser chamado para os treinos da selecção nacional, contudo, como acontecia nesse tempo com maior incidência à maioria dos atletas do F. C. Porto, quanto às formações da Federação, não chegou a ser escolhido para envergar a camisola da equipa das quinas. Tendo integrado grandes equipas do F. C. Porto nessas poucas épocas, como médio, quanto mostra o facto de, emparceirando com grandes nomes desse tempo que constituíam a equipa, haver disputado 13 jogos no campeonato nacional de 1952/53, 8 no de 1953/54 e 1 em 1954/55.

Albasini fez parte do plantel principal até ao início de 1954, tendo então sofrido uma grave lesão num joelho, que acabou com sua carreira a nível de alta competição, ainda muito jovem. Depois disso, devido à lesão, regressou a Lourenço Marques, onde se empregou e jogou ainda, embora a nível provincial, tendo alinhado e sido campeão pelo Ferroviário local.

A equipa de futebol do Clube Ferroviário de Moçambique (LM), campeões Nacionais com Garrido, Pires, Albasini, Humberto, Pontes, Castela,

Sendo Albasini um antigo futebolista escassamente lembrado, derivado ao facto de haver jogado menos de três anos na alta-roda, não tem havido referências sobre ele. Apenas sabemos que mais tarde voltou para a cidade do Porto, tendo mais recentemente, há alguns anos, sido acometido pela doença de Parkinson, conforme se soube por uma entrevista que lhe dedicou há alguns anos o Jornal de Notícias, sob título “A estrela de Albasini cintilou pouco tempo”. E estava ainda doente por volta de 2009.

Merecendo uma lembrança, assim, ao menos, como valoroso futebolista que representou o F. C. Porto, e desempenhou papel de grande estrela nas competições nacionais enquanto durou sua promissora carreira: Fica a recordação deste Moçambicano – Português que, nos inícios da década de cinquenta, apareceu de modo auspicioso na equipa principal do F. C. Porto e apenas não teve uma carreira mais conseguida por ter abandonado o futebol precocemente, devido a arreliadora lesão.

(fim)

O funeral realiza-se amanhã, dia 17 de Maio de 2011, pelas 15 horas, no Mosteiro de Águas Santas.

À familia, apresenta-se as condolências. A comunidade desportiva moçambicana perdeu um dos seus, cuja memória aqui fica registada.

Abril 11, 2011

A EQUIPA DE FUTEBOL DO FERROVIÁRIO LM, ANOS 70

Filed under: 1970 anos, Equipa Ferroviário LM, FUTEBOL MOÇAMBIQUE — ABM @ 9:42 pm

Foto gentilmente cedida por Carlos Vigário.

Se o exmo. leitor conhecer os nomes dos atletas, agradeço que escreva para aqui com os detalhes.

A equipa de futebol do Clube Ferroviário de LM. De pé, da esquerda: P1, P2, P3, P4, P5 e P6. De joelhos: J1, J2, J3, J4 e J5.

Março 4, 2011

RECORDANDO SERAFIM PEREIRA BAPTISTA, JOGADOR NO BOAVISTA E TREINADOR EM LOURENÇO MARQUES

Grato ao seu filho Manuel Jorge Pereira Baptista, pela disponibilização destas fotografias, que ilustram Serafim nos seus tempos de jogador de futebol e como treinador em Moçambique.


Serafim Pereira Baptista treinou futebol no Clube Ferroviário de Moçambique e mais tarde no Grupo Desportivo Lourenço Marques.

Nos seus tempos de atleta, como se vê em baixo, Serafim Pereira Baptista foi jogador no Boavista Futebol Clube, em Portugal, onde jogou como médio, entre 1949 e 1953, tendo representado Portugal em encontros internacionais por seis vezes entre 1950 e 1953. Na época de 1949-1950, foi considerado o melhor médio do futebol português.

Quando terminou o seu brilhante percurso de jogador, teve a feliz ideia de ir viver para Moçambique, onde fez carreira nos Caminhos de Ferro de Moçambique – e no Clube Ferroviário de Moçambique.

Nestas imagens, Serafim Pereira aparece mais do que uma vez com um seu colega, Fernando Caiado, uma figura conhecida do futebol português, quer como jogador, quer como treinador e com quem fez uma parelha temível. Uma nota sobre ele pode ser lida premindo AQUI.

Sobre Serafim Baptista o jogador, no blogue “A Velha Guarda“, o Sr. Mário Oliveira diz o seguinte:

“Lembro dos meus tempos de rapazinho, com 6, 7 anos de idade, com os bolsos cheios de pêssegos, do meu quintal em Ramalde, ir ao futebol, andando nessa altura o Boavista numa de “bilhete de ida-e-volta” ou seja, estava ora na 1ª ora na 2ª Divisões. Nessa altura sobressaía, de longe, um jogador excepcional, que se hoje jogasse meteria no bolso mais pequenino, Ronaldos (Cristianos ou “Moiranos”), Figos, Colunas, “Joões” Pintos e mesmo Eusébios. Fazia uma dupla terrível, ao lado de Fernando Caiado (mais tarde no Benfica), a ponto de, mesmo na 2ª Divisão e da cidade do Porto, ser Internacional A Português. Foi para mim uma grande glória. Um Herói! Nos duelos que mantinha com Monteiro da Costa (FCP) era o máximo, fazendo-me lembrar um toureiro (Serafim) a fazer “chiquelinas” ao de azul e branco…”

Este grande desportista e obreiro do futebol de Moçambique faleceu em meados de Julho de 2001.

 

Um jovem Serafim Baptista, em cima â direita. No lado esuerdo na foto vê-se Fernando Caiado. Não sei quem é o senhor ao meio, que parece ser do Benfica.

Na foto, em cima do lado esquerdo está Serafim Baptista, e à direita Fernando Caiado. Os dois colegas de joelhos não sei os nomes.

Serafim Baptista é o que está a segurar o menino do lado esquerdo.

Serafim Baptista é o que está ao fundo do grupo com a camisa preta.

Serafim Baptista é o que está mais à direita. Na foto à sua esquerda está Fernando Caiado.

Anos mais tarde, o grande treinador do futebol moçambicano aqui em acção em Lourenço Marques.

O FUTEBOL DO FERROVIÁRIO DE LOURENÇO MARQUES NA TAÇA DE PORTUGAL, 1969

Foto gentilmente cedida por Manuel Jorge Pereira Baptista, filho de Serafim Pereira Baptista, então treinador do Ferroviário de LM. Os originais são de Hildebrando Campos, a quem agradeço com profunda vénia.

Faltam os nomes das pessoas que aparecem nas fotografias.

A equipa de futebol do Ferroviário LM no estádio municipal de futebol em Coimbra, para um jogo a contar para a Taça de Portugal.

A embaixada à sua chegada à cidade do Porto para participar na Taça de Portugal. O treinador, Serafim Baptista, é o sétimo a contar da esquerda entre os que estão de pé.

A embaixada do Ferroviário de Lourenço Marques na Póvoa do Varzim, Portugal.

Março 3, 2011

A EQUIPA DE FUTEBOL JÚNIORES DO FERROVIÁRIO LM, 1969

Foto de Carlos Mota, por via de Manuel Jorge Pereira Baptista.

 

A equipa de futebol júniores do Ferroviário de Lourenço Marques no campo de futebol do Sporting. Em baixo à direita estão o Manuel Jorge e o Tó. Faltam os nomes dos restantes craques.

SERAFIM PEREIRA BAPTISTA, TREINADOR DO FERROVIÁRIO DE LOURENÇO MARQUES, CAMPEÃO DISTRITAL, 1967

Foto gentilmente cedida por Manuel Jorge Pereira Baptista, filho de Serafim Pereira Baptista, que refere terem sido os nossos pais grandes amigos. Bem haja.

Serafim Pereira Baptista é felicitado pelos seus dois filhos após a vitória na final em que o clube que treinava, o Ferroviário de Lourenço Marques, ter ganho a partida contra o Sporting LM por 3-1, sagrando assim o seu clube como campeão distrital em 1967.

Janeiro 23, 2011

A EQUIPA DE FUTEBOL DO FERROVIÁRIO, ANOS 70

Foto de João Santos, que estudou na Escola Industrial Mouzinho de Albuquerque em Lourenço Marques.

A equipa do Ferroviário de Lourenço Marques. Se souber os nomes dos membros da equipa, escreva uma nota para aqui. De pé: P1, P2, P3, P4, P5 e P6. De joelhos: J1, J2, J3, J4 e J5.

Novembro 29, 2010

FERROVIÁRIO DE LM, CAMPEÕES DISTRITAIS DE FUTEBOL 1968-9

Esta foto gentilmente cedida por Hildebrando Campos.

A equipa de futebol do Ferroviário de LM, campeões distritais de LM em 1968-1969. Os nomes: Pimenta, Artur, Carlos, Ambasse, Oliveira e Eduardo; Baltazar, Rodrigues, Raimundo, Hildebrando Campos e Baptista.

Sobre esta foto, Carlos Alberto Vigário disse:

FALTA AI O GRANDE CAPITÃO NELSON O MOMBAÇA ETC. NÂO ESQUEÇO OS GRANDES ENCONTROS COM O DESPORTIVO E COM O SPORTING, GRANDES TEMPOS TINHA EU 15 ANOS E VI QUASE TODOS OS JOGOS, NÃO ESQUECENDO O GRANDE TREINADOR SERAFIM BATISTA

The WordPress Classic Theme. Create a free website or blog at WordPress.com.

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 304 outros seguidores