THE DELAGOA BAY COMPANY

Janeiro 26, 2010

FERNANDO ADRIÃO

Filed under: Fernando Adrião — ABM @ 6:42 pm

foto gentilmente enviada por Jorge Santos.

 

Fernando Adrião no Desportivo com dois aprendizes

O senhor do meio é o legendário Fernando Adrião, segundo a nossa autoridade na matéria Sr. Carlos Gil, indicou. Os jovens ainda não sei quem são.

Falta ainda saber o ano em que foi tirada.

Anúncios

17 comentários »

  1. WHAT????????

    o grande é o Fernando Adrião, poças!

    “só” o melhor jogador de hóquei de Moçambique, quiçá de Portugal – há quem diga que foi o Livramento, sei lá…

    os putos não ei mas devem ter sido bons com um mestre assim. familiares do Adrião? talvez
    mas as orelhas do mais puto fazem-me pensar no… Cirilo, o Carlos Pereira, que ainda jogou nos seniores junto com o F. Adrião, e igualmente com o irmão, o Zé Adrião

    tss tsss…..

    Comentar por cg — Janeiro 26, 2010 @ 6:47 pm

  2. ano? aposto na primeira metade da década de 60…

    Comentar por cg — Janeiro 26, 2010 @ 6:49 pm

  3. Chiça patrão desculpa lá pá…. estou careca de ouvir falar nele mas não conhecia a cara…enfim uma vergonha mas agora já cá está.

    ABM

    Comentar por ABM — Janeiro 26, 2010 @ 6:50 pm

  4. devias ser multado, pá! um gajo alvi-negro que não conhece o F. Adrião… humpfff

    :-))

    (tira lá a porra do “autoridade na matéria”… eu ia ao hóquei às quartas e sábados à noite. exclusivamente ehehehe)

    Comentar por cg — Janeiro 26, 2010 @ 7:01 pm

    • CG

      mea culpa, mea culpa, mea culpa

      Comentar por Antnio Botelho de Melo — Janeiro 26, 2010 @ 7:08 pm

  5. Sem contrariar o Gil, penso que O F. Adrião fez quase toda a década de 60 (senão mesmo o final da de 50 “57/58”) no Malhangalene e voltou no início de 70 ao Desportivo.
    Ele jogava na posição de “médio”, não era por isso um “atacante” como o Velasco ou o Bouçós, posição em que jogava o Livramento, sendo contemporâneos, este era bastante mais novo, do mesma época em Portugal (Metrópole) o expoente era o Vaz Guedes.

    Comentar por F — Janeiro 26, 2010 @ 11:35 pm

    • Sr F

      Muito grato pelo contributo. Por acaso conhecia o sr Bous aqui em Portugal era amigo do meu pai dos tempos de Moambique.

      Comentar por Antnio Botelho de Melo — Janeiro 26, 2010 @ 11:37 pm

      • Deixa lá Senhor, que esse está no Céu.
        Imaginava lá eu, que acabaria por estar na caixa de comentários do filho do do Sr. BM (esse sim), do qual, tinha o cagaço de ter que ir ao “escritório” na Andrade de Corvo, quando andávamos dois nas motorizadas…

        eh eh eh

        Comentar por F — Janeiro 27, 2010 @ 1:34 am

      • bons tempos, presumo…??

        Comentar por Antnio Botelho de Melo — Janeiro 27, 2010 @ 2:12 am

  6. Os jovens são: Luis Garcia Neves e o Carlos Pereira (Cirílio)
    Jorge Santos

    Comentar por Jorge Santos — Janeiro 27, 2010 @ 8:52 am

    • Obrigado Jorge, depois componho o ramalhete aqui da casa…

      Comentar por Antnio Botelho de Melo — Janeiro 27, 2010 @ 10:26 am

  7. O Fernando Adriao foi, na minha opiniao, o melhor hoquista do mundo de todos os tempos.

    Vi-o jogar no Palacio de Cristal no Porto e tambem pela TV. Era fabuloso. Um ‘jongleur’. Diz-se que antes de andar já patinava. Tinha um dominio do stick e da bola incriveis. Quando escondia a bola com a perna levantada até o publico perdia a noção de onde estava a bola quanto mais os adversarios.

    Deixo aqui alguns nomes de grandes hoquistas da epoca. Se encontrarem algum melhor que o Adrião digam:

    Velasco, Bouçós, Vaz Guedes, Cruzeiro, Livramento, os manos Correia dos Santos.

    Dos estrangeiros: Orpinelli, Boronat, Puigbó (Espanha); Marcel e Pierre Money da Suiça; e para finalizar o quase tão fabuloso Panagini de Italia.

    Comentar por celestino castro — Fevereiro 9, 2010 @ 5:36 pm

    • Sr Castro,

      Muito grato pela sua opinião, que vem de um óbvio apreciador de talentos.

      ABM

      Comentar por ABM — Fevereiro 9, 2010 @ 6:20 pm

  8. Saudações a todos os amantes do Hóquei e a todos os que se referem com tanto carinho ao nome do meu Pai . Fernando Adrião.
    Quero só fazer uma pequena rectificação à biografia que aqui surge e relativamente ao seu local de nascimento: Embora de facto mais Moçambicano do que muitos lá nascidos, o meu Pai nasceu em Lisboa, mais propriamente em Benfica e começou a patinar no Futebol Benfica (FOFÓ) onde o meu avô era jogador e dirigente e só foi para Lourenço Marques com 3 anos.

    Obrigado.e um abraço a todos.

    Alexandre Adrião

    Comentar por Alexandre Adrião — Outubro 11, 2011 @ 9:17 am

    • Olá Alexandre, é um momnento alto desta casa receber uma nota do filho do Grande Fernando Adrião. Eu tinha noção de que o teu pai havia nascido em Lisboa mas perdoa que nós os dois antigamentes o considerem um filho de Moçambique, pois foi aí que ele cresceu e fez uma boa parte das coisas que o tornaram legendário. Aproveito para pedir que se tiveres e quiseres partilhar algumas fotos de teu Pai neste blogue, ficaria muito grato. Seria uma honra. Atenciosamente, António Botelho de Melo.

      Comentar por ABM — Outubro 11, 2011 @ 11:30 am

      • Olá uma vez mais e eu é que agradeço o facto de guardarem a memória do nosso Pai neste canto tão de todos nós. Relativamente ás fotos que poderei disponibilizar, são muito poucas… Isto porque todo o espólio de Desportivo do nosso Pai se encontra no Dramático de Cascais na sala FERNANDO ADRIÃO criada para o efeito e cumprindo o desejo expresso por ele ainda em vida. Desmistificando o porquê deste local e a título de curiosidade, a escolha deste clube por parte do nosso Pai, surgiu em grande parte pelo facto de ter sido o primeiro clube que treinou quando veio definitvamente para Portugal.
        Portanto a quem quiser em jeito de visita fica o convite para visitarem este espaço, onde podem encontrar todo o espólio desportivo do Pai.
        Deverão acautelar a Vossa intenção de visita com um telefonema a Manuel Rebelo dirigente do hóquei em patins do clube, para que este providencie a abertura da sala.

        Abraço e obrigado

        Alexandre Adrião

        Comentar por Alexandre Adrião — Outubro 13, 2011 @ 9:22 am

      • Alexandre, muito obrigado, desconhecia completamente este facto e acho apropriada a deciso de teu Pai de legar as suas recordaes e objectos da sua muito memorvel carreira no Dramtico de Cascais. Ainda assim se quiseres mandar alguma coisa, esta casa da famlia Adrio. Entretanto fica a informao. Grato e um abrao, ABM

        Comentar por Antonio Botelho de Melo — Outubro 14, 2011 @ 6:56 pm


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: