THE DELAGOA BAY COMPANY

Fevereiro 4, 2011

AS 3 HORAS DE LOURENÇO MARQUES 1972 – MAIS FOTOS POR ANTÓNIO CARVALHAL

Filed under: 1970 anos, 3 Horas de LM 1972, AUTOMOBILISMO — ABM @ 8:04 pm

As imagens em baixo fazem parte do trabalho do Senhor António Carvalhal e foram publicadas na revista Auto-Sport. Todas as referências às publicações originais estão contidas numa nota que o Sr. Carvalhal indicou numa nota contida em baixo.

Foto 331

Anúncios

11 comentários »

  1. Tenho umas fotos minhas e com o meu irmão Carlos Prata Antunes, exactamente do dia em que ele ficou em 1º lugar dos Portugueses, como seu Mini!

    Como as posso colocar aqui?

    Obrigada

    Neza

    Comentar por Neza — Fevereiro 4, 2011 @ 10:35 pm

    • Olá Neza, já recebi, vai já a seguir. Mil e um obrigados e se houver mais fotos e informações, mande! muito grato.

      Comentar por ABM — Fevereiro 5, 2011 @ 7:30 pm

    • Boa noite Neza,
      Pode-me dar o endereço de email do Carlos?
      Obrigado e um Bj
      Mário Cardoso >> mcmarcar@gmail.com

      Comentar por Mário Cardoso — Abril 19, 2013 @ 11:52 pm

  2. Bem, mais uma vez encontro material “pilhado” na net, sem a menor referência ao autor…
    Todas estas fotos das 3 Horas de 72 são de minha autoria, excepto aquela onde eu estou que foi feita pelo Eduardo Brás.

    Penso que esta não é a melhor maneira de trabalhar. Sempre que publico alguma coisa que não é minha assinalo as “fontes”,
    Cumprimentos

    António Carvalhal/mits650

    Os artigos originais estão todos publicados por mim no Blog AUTOSPORT. Aqui:

    2- BLOG MITS650 _2_ 3 HORAS LM 1972 _ 1
    – 3 HORAS DE LOURENÇO MARQUES 1972. Grelha da partida
    http://autosport.clix.pt/gen.pl?p=stories&op=view&fokey=as.stories/45804

    3- MITS650 _3_ 3 HORAS LM 1972 _ 2
    – 3 HORAS DE LOURENÇO MARQUES 1972. Grelha da partida e SPRINGBOK SERIES.
    http://autosport.clix.pt/gen.pl?p=stories&op=view&fokey=as.stories/45807

    4- BLOG MITS650 _4_ 3 HORAS LM 1972 _ 3 – Chevron de Mass
    http://autosport.clix.pt/gen.pl?p=stories&op=view&fokey=as.stories/45808

    5 – BLOG MITS650 _5_ 3 HORAS LM 1972 _ 4 – Chevron de Mass 2
    – Jochen Mass com o Chevron B 21 vencedor, na frente do Chevron B8 de Billy Scheepers, de um dos Mazda S102A da equipa Datona Race (Collin Burford) e do rapidíssimo Austin 1275 GT de Carlos Prata Antunes.
    http://autosport.clix.pt/gen.pl?p=stories&op=view&fokey=as.stories/45809

    6 – BLOG MITS650_6_ – 3 HORAS LM 1972 _ 5_ B21
    – Brian Robinson/Tony Claasens – Chevron B21 nas boxes durante os treinos. 5º lugar final.
    http://autosport.clix.pt/gen.pl?p=stories&op=view&fokey=as.stories/45810

    7 – B. MITS650_7_ 3 HORAS LM 1972 – 6_ 1 Lola e 3 Chevron
    http://autosport.clix.pt/gen.pl?p=stories&op=view&fokey=as.stories/46046

    8 – B. MITS650_8_ 3 H. LM 1972 – 7_ 2 Mazdas Wankel
    – 3 fotos dos 2 Mazdas S102 Wankel – 1000 cc – 220 cavalos que correram nas 3 Horas de LM em 1972. Pilotos – Collin Burford e Giv Govannoni.
    http://autosport.clix.pt/gen.pl?p=stories&op=view&fokey=as.stories/46052

    9 – B. MITS650_9_ 3 H. LM 1972 – 8_ Chevrolet Firenza V8
    http://autosport.clix.pt/gen.pl?p=stories&op=view&fokey=as.stories/46058

    10 – B. MITS650_10_ 3 H. LM 1972 – 9_ Alfa Peixinho e Toyota Celica
    http://autosport.clix.pt/gen.pl?p=stories&op=view&fokey=as.stories/46104

    Comentar por a.c. — Março 2, 2011 @ 11:58 pm

    • Boa noite Sr. Carvalhal,

      As fotos foram facultadas por via de um senhor que as colocara num sítio sobre automobilismo de Angola, sem referências nenhumas. Reposta a autoria, e presumo que com o seu generoso consentimento, assim ficarão, acrescentando eu no corpo da peça o que foi o seu meritório trabalho. Confesso que pouco sei de automobilismo e não leio o Autosport. Apenas aprecio o trabalho dos desportistas de que me lembro de Moçambique. Bem haja! ABM

      Comentar por ABM — Março 3, 2011 @ 12:32 am

      • Já está, por favor veja as alterações e já agora se tiver mais alguma coisa sobre Moçambique e que queira partilhar, por favor, esta casa é sua.

        Comentar por ABM — Março 3, 2011 @ 12:37 am

    • Boa noite Senhor António Carvalhal.
      Só hoje e agora reparei nos seus comentários.
      Apraz-me informá-lo, não ser de todo verdade o que postou, ou seja, que o seu material tenha sido “pilhado”.
      Em boa verdade, se alguma culpa existe em algum do seu excelente trabalho ter sido publicado aqui neste blog, deve-se a mim e não ao grande amigo e mentor deste excelente blog, Sr. António Botelho de Melo.
      Passo a explicar: desde há 2 anos que me deparei com os seus “posts”, assinando como mits650, no autosport.
      Com a simplicidade própria e típica de nós moçambicanos (não imagina o quanto me custa estar a tratá-lo na 3ª pessoa), mas também com a honestidade que nos é característica, tentei durante alguns dias investigar quem seria aquele conterrâneo que assinava por mits650.
      Consegui relacioná-lo como sendo o Sr. António Carvalhal (tem mais nomes que agora não me recordo), profissionalmente ligado às artes (principalmente pintura e exposições) e ao ensino. Encontrei num blog seu referente a pintura, um e-mail que se verificou já estar em desuso, isto porque lhe enderecei algumas mensagens que retornaram à minha caixa postal. Encontrei outro que usei para reencaminhar as referidas mensagens, sem ter obtido qualquer retorno.
      Consegui o número de telefone do estabelecimento de ensino onde leciona, confirmaram-me ser lá professor, solicitei a quem me atendeu que encarecidamente lhe desse o meu número de telefone e e-mail pessoal (os quais transmiti), e que o informassem da necessidade urgente em o contactar. Foi-me transmitido a certeza de que o fariam. Não obtive qualquer retorno. Há um ano, aquando da elaboração do livro sobre a história do desporto motorizado em Moçambique da autoria dos nossos conterrâneos Dr. João Mendes de Almeida e Dr. Ricardo Brízido, no qual ínfima e informalmente participei com parco contributo, voltei a encetar os mesmos contactos, com desfecho idêntico ao já atrás mencionado.
      Infelizmente ainda no decorrer do ano passado, um grave problema no meu portátil fez-me perder todos e-mails que lhe tinha endereçado bem como os dados do estabelecimento de ensino onde professa. Mas se necessário for, rapidamente dou com esses dados e poder-lhe-ei provar a veracidade do ora mencionado, assim faça o Sr. questão.
      Não tendo almejado contactá-lo para que com a sua permissão pudesse dar conhecimento e partilhar com todos os nossos conterrâneos a sua excelente obra, que no final de contas, a par do que aqui encontra neste presente blog, é de todos nós moçambicanos, não se me alvitrou outra saída do que encaminhar tais dados ao amigo Sr. António Botelho de Melo.
      Creia-me, não foi por mal, foi com a mais nobre das intenções.
      De qualquer modo, as minhas sinceras desculpas, as quais espero vivamente sejam aceites.
      Termino, dando-lhe os meus sinceros parabéns pelo seu excelente material, que muitas boas e saudosas recordações nos proporcionou.
      Atenciosamente,
      Rui Nogueira.

      Comentar por Rui Nogueira — Março 14, 2012 @ 11:58 pm

      • Grande discurso Rui, aplausos! ABM

        Comentar por Antonio Botelho de Melo — Março 15, 2012 @ 12:03 am

  3. Tomané, muito obrigado.
    Ao ter-me confrontado com a mensagem do Sr. António Carvalhal Vieira da Silva, logo entendi, quanto mais não seja para te ilibar de qualquer suspeita e não manchar o teu bom nome, ver-me obrigado a escrever a mensagem supra postada.
    É no entanto e igualmente verdade, que muitas das fotos que te forneci foram retiradas do tal blog angolano Mazungue (http://www.mazungue.com/angola/index.php?page=Thread&postID=244716), a par de muitas outras prontamente oferecidas pelo nosso amigo Paulo Manso, filho do automobilista Fernando Manso, sendo que as do Alberto Leitão são minha propriedade, oferta deste último ainda em LM em 27-5-1970, aquando de uma visita do mesmo ao seu Pai, no Hospital Central Miguel Bombarda, em virtude deste ter sido operado e consequentemente ter sido paciente do meu.
    Mais fotos ou documentação houvesse, que com o espírito próprio e que se tornou apanágio de nós todos moçambicanos (os verdadeiros, porque infelizmente existem “os calcinhas” e os que se assumiram como “tugas”), prontamente e de bom grado te ofertava.
    Afinal, tudo o que diga respeito à nossa terra, não é meu, não é teu, é de todos nós. E assim deve ser.
    Prova disso é este teu fabuloso blog, estou em crer não haver outro em todo o mundo que reúna tanta informação, documentação e história, sobre a nossa querida terra. E tal só é possível com as ofertas que tantos de nós te fazem chegar. Bem hajam todos.
    Quando me predispus a pesquizar sobre o nosso conterrâneo Sr. António Carvalhal, pois através do Autosport reconheci de imediato o seu saber e informação sobre as lides automobilísticas no nosso Moçambique, tinha duas premissas: a 1ª solicitar permissão à colocação das fotos aqui neste blog, a 2ª a intenção de lhe formular pedido de ajuda em ser ele a se dedicar a esta página, mostrasse ele interesse e tivesse disponibilidade para tal.
    Sobre o na mensagem anterior referido, de que rápida e novamente encontraria as referências que me levaram a tentar contacta-lo, lamentando não ter tido oportunidade e o prazer de conhecer, servindo de prova inequívoca às démarches efectuadas, deixo o presente link: http://sepia.no.sapo.pt/accurr2.html.
    Espero de alguma forma ter desfeito qualquer desentendimento.
    Abraços aos dois.
    Rui Nogueira.

    Comentar por Rui Nogueira — Março 15, 2012 @ 10:55 am

    • Rui, há muita coisa sobre Moçambique por aí, mas tende a estar dispersa, descontextualizada em si, ou descontextualizada no tempo, ou então é muito tendenciosa, ou para exaltar uma coisas exageradamente, ou outras. Eu tento usar factos, imagens e testemunhos para uma aproximação à verdade, ou para tentar retratar realidades.

      Comentar por ABM — Março 15, 2012 @ 5:53 pm

      • Meu muito querido amigo, tens realizado uma obra ímpar. Estou ciente do hercúleo esforço atavés do teu empenho e dedicação para que nós possamos reviver, aprender e continuar a sonhar com tempos fantásticos vividos, os quais muitas saudades nos trazem.
        Pela minha parte, o meu muito obrigado.
        No que estiver ao meu alcance, podes sempre contar comigo.
        Grande abraço,
        Rui.

        Comentar por Rui Nogueira — Março 15, 2012 @ 8:12 pm


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: