THE DELAGOA BAY COMPANY

Julho 27, 2011

A SELECÇÃO DE VOLEIBOL DE LOURENÇO MARQUES DA MOCIDADE PORTUGUESA, ANOS 60

Foto muito gentilmente enviada pelo Sr. Prof. Rui Baptista, treinador da equipa que se pode ver em baixo, que por sua vez lhe foi enviada pelo seu ex-pupilo, Amadeu Coelho, que por sua vez lhe foi enviada pelo seu amigo Vasco de Freitas, que a obteve do Grande Eduardo Horta, figura sempre grata nesta Casa. Fica aqui registado e depositado.

Amadeu Coelho foi campeão de pesos e halteres no campeonato de Lourenço Marques na categoria de pesos pesados, em representação do Clube Ferroviário de Moçambique. Talvez um dia destes ele mande para aqui umas fotos dos seus tempos. Actualmente vive para os lados de Mafra.

Para ver a foto em todo o seu esplendor, prima nela com o rato do seu computador.

A Selecção de Voleibol de Lourenço Marques da Mocidade Portuguesa, treinada pelo Prof. Rui Baptista. De pé, da esquerda: P1, P2, P3, P4, P5, P6 e P7. De joelhos: J1, J2, J3, J4 e J5. A quem souber os nomes, peço que escreva para aqui.

Anúncios

11 comentários »

  1. Começo por agradecer ao meu amigo Tomané a publicação desta fotografia e a todos os “coca-colas” que proporcionaram que ela chegasse às minhas mãos. A todos eles o meu “kanibambo”. Vamos agora à identificação dos briosos atletas que dela constam e que a minha memória consente. A meu lado de pé, em segundo lugaar a contar da minha esquerda (redundância desnecessária pois à minha direita não se encontra ninguém!) está o famoso “Malhoa”, de seu nome, salvo erro, Larsen Costa (ao que me dissseram recentemente falecido). Lembro-me dele como um amigo que durante anos a fio me mandava um cartão de Boas-Festas pelo Natal estivesse ele onde estivesse nos quatro cantos do mundo. Em terceiro lugar, de bigode, um dos irmãos Morgados (atletas de reconhecido mérito do basquetebol, aliás como o “Malhoa). Ao lado do Irmão do Colégio dos Maristas, o Amadeu Coelho, grande e generoso amigo, saudoso atleta dos Pesos do Clube Ferroviário e campeão de pessos pesados. Aliás, a sua imponente figura e os seus braços musculosos tornavam desnecessária este seu currículo desportivo.E porque, se as palavras são como as cerejas, as recordações fazem aparecer novas recordações em cadeia, isto a propósito de me ter lembrado agora que fui vice-presidenta da Conissão Instaladora da Associação de Voleibol de Lourenço Marques (ou mesmo de Moçambique?).

    Peço desculpa de não me lembrar, de momento, de outros nomes dessas briosa Selecção da Mocidade Portuguesa. A compreensão deles para com esta minha falha, mercerá , estou convencido disso, dos nomes “esquecidos” a respectiva identificação. E tu, meu bom amigo Amadeu, poderás dar um contributo valioso nesse sentido. Será uma forma de os ainda vivos se reencontrarem e os, porventura, já falecidos perdurarem na nossa memória. Vamos a isso, malta? Um grande abraço para todos vós de um professor de Educação Física que nunca se contentou em ser um frei Tomaz: “Ouve o que ele diz, não faças o que ele faz!” Tenho moral para vos dizer façam o que eu vos digo, continuem a tratar do vosso físico, façam o que eu faço com o meu exemplo aos 80 anos de vida e de treino 3 vezes por semana a “malhar” no ferro para ele não enferrujar.

    Comentar por Rui Baptista — Julho 28, 2011 @ 12:19 am

  2. Gralhas: 1º. §, 5.ª linha: “pessos pesados”, não; pesos pesados, sim.
    1.º §, última linha: “Conissão”, não; Comissão, sim.

    Comentar por Rui Baptista — Julho 28, 2011 @ 9:06 am

  3. Caríssimo Tomané:

    Acabo de receber este e-mail que me foi enviado pelo Amadeu, a quem envio um abraço amigo, com a referência dos nomes dos jogadores da Selecção de Voleibol. Faço, contudo, uma rectificação, apostando dobrado contra singelo a minha certeza: o P3 é o Malhoa, meu aluno da Escola Industrial, e organizador de excursões de alunos ao Bilene em que eu participava como professor responsável. Aqui vão eles, através da transcrição do mail por mim recebido ( seria interessana que os retratados dessem sinal de vida para este blogue – uma espécie de “Ponto de Encontro”, do saudoso Henrique Mendes -, dando notícias de si):

    Estimado Professor Rui Baptista.

    Aí vão os nomes dos componentes da Selecção de LM de Voleibol, da Mocidade Portuguesa.

    De pé, da esq. para a direita:

    P1- Prof. Rui Baptista – Treinador.
    P2- João Pinto.
    P3 e 4- Irmãos Morgado ( basquetebolistas do Atlético de L.M. ).
    P5- ?.
    P6- José Coelho.
    P7- Irmão Pedro ( representante dos Maristas de L.M. Sete dos atletas pertenciam à equipa dos Maristas de L.M., campeã escolar. ).

    Em baixo, da esq. para a direita:

    J1- José Rego.
    J2- Ringler.
    J3- Domingos de Melo.
    J4- Lança Alves.
    J5- Alexandre Rosário.

    Um abraço.

    Amadeu.

    Comentar por Rui Baptista — Julho 28, 2011 @ 3:15 pm

  4. O nome do “Malhoa” era Mário Costa. Era irmão do Antoninho Costa que foi defesa central do S.C .L.M. e posteriormente do Sporting Clube de Portugal e era sobrinho do Jorge Larsen que foi campeão português de pugilismo.Morámos os dois na Rua da Esperança em Lço. Marques

    Comentar por Oscar Soeiro — Julho 28, 2011 @ 5:00 pm

  5. Meu Caro Óscar Soeiro: Confirma-se o nome do “Malhoa”, que eu dizia ser Larsen Costa, embora salvaguardando-me com o “salvo erro”. Era um grande compincha. E sabe porque era conhecido por “Malhoa”? A história deste “nickname” tem razão de ser. Um abraço amigo. Rui Baptista.

    Comentar por Rui Baptista — Julho 28, 2011 @ 5:26 pm

  6. P1-Prof. Rui Baptista; P2- Mina Pinto; P3- Malhoa; P4- Morgado. Peço desculpa aos restantes, mas não me lembro dos seus nomes. Envio um grande abraço a todos

    Comentar por Augusto Martins — Julho 29, 2011 @ 6:20 am

  7. o P4 é o Flávio Morgado, irmão do Victor Morgado que esteve muito doente aqui em Lisboa. Também conhecido coma alcunha de chutanpunga.
    P3 – não tenho acerteza, mas parece-me que é o Edmundo.

    Um abraço

    Katali

    Comentar por Katali Fakir — Agosto 1, 2011 @ 11:57 pm

  8. Lembro-me muito bem do “Malhoa” (P3) que andou comigo na Escola Industrial de LM, ele era mais velho e anadava noutra turma; era um tipo porreiro e andava sempre bem disposto; gostava de tocar viola e cantarolar; além do voleibol, ele também gostava do basquete. Não sabia do falecimento dele e lamento-o.

    Comentar por José Alberto da Silva Campos — Março 7, 2012 @ 11:48 am

  9. Viva,
    Não vivi em Moçambique mas a fotografia levanta-me a curiosidade sobre qual a marca das sapatilhas dos atletas. Alguém se lembra e poderá responder?

    Comentar por Pedro C. Almeida — Abril 8, 2012 @ 9:56 pm

    • Olá Pedro. Bem, para o povão como eu usavam-se as sapatilhas UFA, fabricadas em Moçambique (na Machava, ao pé de Lourenço Marques). Os mais abonados e estrelados usavam aquelas daqueles dois irmãos alemães que se odiavam, as Adidas e as Puma. Uns mais arrojados – poucos – usavam Converse All Stars. Mas eu não tenho a certeza. Eu era nadador, ainda não se usam sapatilhas ….. ABM

      Comentar por ABM — Abril 8, 2012 @ 11:14 pm

  10. Obrigado pela resposta 🙂
    E as Sanjo, usavam-se em Moçambique?
    Verifiquei umas quantas neste belíssimo conjunto de imagens que se assemelham a elas.
    Significavam alguma coisa na época?

    Comentar por Pedro C. Almeida — Abril 9, 2012 @ 12:06 am


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: