THE DELAGOA BAY COMPANY

Novembro 24, 2011

A NATAÇÃO DE MOÇAMBIQUE NO CONTEXTO DA NATAÇÃO PORTUGUESA EM 1959

Muito agradecido à Dulce Gouveia, que recebeu interessante documento da mão de Eurico Perdigão, contendo informações muito interessantes sobre a natação em Moçambique desde os seus primórdios. O documento data do Natal de 1959 e foi publicado pelo jornal Notícias de Lourenço Marques.

O documento digitalizado em baixo está dividido em três partes e pode ser ampliado premindo na secção que o exmo. Leitor quiser ver ou ler com o rato do seu computador, duas vezes.

Anúncios

3 comentários »

  1. Como chefe da embaixada (nomeado pelo Conselho Provincial de Educação Física de Moçambique) que acompanhou estes fantásticos nadadoras e nadadores foi uma grande honra ter assistido à queda de inúmeros recordes nacionais, alguns deles, direi mesmo, pulverizados. E assim se calaram certas vozes metropolitanas que diziam ironicamente que os tempos cronometrados que chegavam eram obtidos a fugir dos tubarões..das águas do Índico. Será que as piscinas de água doce (como, por exemplo, do Luso) obrigavam esses briosos atletas a fugir das mandíbulas dos crodilos?!!!

    Comentar por Rui Baptista — Novembro 27, 2011 @ 12:00 am

  2. Não posso deixar de me emocionar ao ver referido nesta notícia os nomes de um querido amigo, Margaride Fernandes, um treinador “à la page” com as modernas (para esse tempo) metodologias e técnicas de treino (colhidas, em parte, em livros americanos da especialidade pelo seu domínio da língua inglesa) e de Francisco Matos com uma obra notável na Associação dos Velhos Colonos no ensino da natação, infelizmente, ambos falecidos. Das respectivas acções se ficou a dever, respectivamente, o aparecimento da campeoníssima Regina Veloso e de Fernanda Campos, ambas recordistas nacionais num tempo em que Portugal se espalhava deste rectângulo europeu até Timor. Prosseguiram esta obra, com notável, brilhantismo, Eurico Perdigão e o meu bom colega José Sacadura que estiveram presentes (como não podia deixar de ser!) na justa homenagem prestada a outra campeoníssima e dilecta pupila – Dulce Gouveia.Foi com muita saudade que nessa homenagem vi os retratos de Regina Veloso, Fernanda Campos e Dulce Gouveia e de seu pai, Eng.º Tomás Gouveia, amigo de longa data, colega de docência na Escola Industrial e companheiro de tertúlias em noites quentes na esplanada do Café Pigalle na Avenida 24 de Julho.

    Embora não ligado à Natação, mas grande campeão de Basquete, vi fotografado o meu antigo aluno da saudosa Escola Industrial de Lourenço Marques, Paulo Carvalho, que, curiosamente, viria a conhecer a minha filha mais velha, Carla e o marido, em Macau. Enviou-me ele, em tempos, um mail em que me deu conta desse encontro em remotas paragens asiáticas. Dele continuo a receber diariamente mail’s que me enchem de satisfação. Nada mais grato na vida que ser recordado com simpatia por antigos alunos.

    Comentar por Rui Baptista — Novembro 27, 2011 @ 12:47 am

  3. No meu 1.º comentário, rectifico “crodilos” : crocodilos.

    Comentar por Rui Baptista — Novembro 27, 2011 @ 12:49 am


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: