THE DELAGOA BAY COMPANY

Abril 17, 2014

O TOUREIRO RICARDO CHIBANGA, ANOS 1960

Filed under: 1960 anos, Ricardo Chibanga, TOURADAS — ABM @ 11:39 am

 

O toureiro Ricardo Chibanga, em traje solene, anos 60.

O toureiro Ricardo Chibanga, em traje solene, anos 60.

Anúncios

Janeiro 5, 2014

EUSÉBIO E RUTE MALOSSO EM LOURENÇO MARQUES, 1960: UMA EVOCAÇÃO

Filed under: 1960 anos, 2010 anos, Eusébio da Silva Ferreira — ABM @ 5:29 pm
A jovem estrela no arranque do seu percurso.

A jovem estrela no arranque do seu percurso.

Já se contaram inúmeras histórias e episódios em redor do Grande Eusébio, que faleceu hoje em Lisboa, cerca de três semanas antes de completar 72 anos de idade.

Mas não esta pequena história, que aqui elenco, em singela homenagem ao superlativo atleta de Moçambique, que inspirou e maravilhou gerações de amantes do futebol em todo o mundo, entre eles o meu Pai, que, vindo dos Açores e de Macau, decidiu ir viver para Lourenço Marques em 1958, e que assistiu ao vivo a todo o percurso de Eusébio, que em nossa casa sempre foi visto como um grande valor moçambicano.

Como é conhecido, o nome de código de Eusébio usado nas negociações que culminaram quando ele viajou de Lourenço Marques para ingressar no Benfica em Lisboa, onde chegou na noite de 16 de Dezembro de 1960, era Rute (ou Ruth) Malosso.

Mas Rute Malosso não era apenas um nome de código.

Havia de facto uma Rute Malosso em Lourenço Marques em 1960.

Rute Malosso era na altura uma jovem filha de Conceição Malosso, casada com Albertino do Vale Malosso, único irmão de Arlindo do Vale Malosso, que vivia em Moçambique desde os anos 20.

O irmão de Albertino, Arlindo do Vale Malosso, era um português mas que tinha cidadania norte-americana. Trabalhava como comissário de bordo de um navio que fazia carreira entre Cuba e os Estados Unidos. O seu pai era italiano (o apelido Malosso origina no Norte da península italiana) e foi chefe dos rebitadores que trabalharam na construção da Torre Eiffel em Paris, inaugurada aquando da realização da Exposição Universal naquela cidade em 1889 (e em que o use dos rebites foi uma inovação tecnológica importante). Mais tarde trabalhou na Ponte Dom Luiz na Cidade do Porto.

Em Portugal, o Pai de Arlindo casou com uma senhora portuguesa, de Tomar, de apelido Vale.

Anos mais tarde, numa viagem em redor de África, no início dos anos 1920, o navio onde Arlindo se encontrava a trabalhar teve uma avaria grave e teve que parar em Lourenço Marques para reparações durante algum tempo. Arlindo era cortador de carnes e arranjou logo emprego num talho de Manuel Cretikos, pai de Jorge Cretikos, uma família de origem grega que tinha vários negócios em Lourenço Marques. Eventualmente, Malosso radicou-se em Moçambique e envolveu-se em vários negócios, entre eles uma rede de talhos em Lourenço Marques.

Pouco depois da sua chegada a Moçambique, Arlindo mandou vir a sua mulher de Portugal e também convidou o seu irmão Albertino (pai de Rute Malosso) que vivia em Portugal, para se juntar a ele em Lourenço Marques, como talhante.

Qual a ligação entre Rute Malosso e a saga do mais famoso desportista moçambicano de todos os tempos?

Quem usou o nome de Rute Malosso aquando da transferência de Eusébio do Sporting de Lourenço Marques para o Benfica em Lisboa foi Mário Tavares de Melo, que conhecia Rute e era amigo de Albertino Malosso, pois ambos eram talhantes (cortavam carne num talho em Lourenço Marques, situado no Bazar de Lourenço Marques) e eram adeptos ferrenhos do Benfica na capital da então província portuguesa, onde o jovem Eusébio nascera, filho de um angolano branco de Lubango, Angola, e de uma bonita jovem moçambicana de Xipamanine, Elisa. O pai morreu antes de Eusébio completar sete anos de idade.

No final dos anos 50, o talento do jovem moçambicano, que vinha na senda de enormes talentos futebolísticos já surgidos do futebol moçambicano (Mário Coluna era o pilar do Benfica na altura, por exemplo) já despontara o interesse e pouco antes do seu ingresso no Benfica Bella Gutman, o lendário e mercurial treinador do clube português, voou até Lourenço Marques para observar o jovem talento. Gutman ficou impressionado.

Mário Tavares de Melo foi um dos elementos chave no complexo processo negocial em que Eusébio, que na altura era jogador do Sporting de Lourenço Marques, e que era menor (logo não tinha capacidade jurídica para assinar contratos), acaba, essencialmente por decisão da sua Mãe Elisa, por assinar um compromisso com o Benfica, compromisso esse consubstanciado com o seu registo, dias mais tarde, na Federação Portuguesa de Futebol, como jogador desse clube.

Nas negociações, que envolveram telegramas e telefonemas entre a capital moçambicana e a capital portuguesa, feitos em “aberto” (ou seja, podiam ser escutados e lidos pelos operadores da companhia telefónica em Lourenço Marques e em Lisboa) Mário usava o nome de Rute Malosso para se referir a Eusébio.

Rute Malosso ainda é viva (e saudável), está reformada e hoje reside em Queluz de Baixo, Portugal. Tem dois filhos e uma filha. Apesar de, como era costume na altura, as mulheres tipicamente adoptarem os nomes dos maridos quando se casavam, Rute, que casou com Joaquim Oliveira, manteve até hoje o seu apelido de nascimento – Malosso. Durante muitos anos, trabalhou para o Grupo Pestana.

Não tenho registo de alguma vez Rute Malosso e Eusébio se terem conhecido.

EUSÉBIO DA SILVA FERREIRA, EXPOENTE DO FUTEBOL, NATURAL DE MOÇAMBIQUE, FALECEU HOJE, 5 DE JANEIRO DE 2014

Filed under: 2010 anos, Eusébio da Silva Ferreira, FUTEBOL MOÇAMBIQUE — ABM @ 3:26 pm

Profundas condolências a sua Família e aos seus admiradores em todo o Mundo.

 

Eusebio faleceu esta manhã, domingo, 5 de Janeiro de 2014, com 71 anos de idade.

Eusebio faleceu esta manhã, domingo, 5 de Janeiro de 2014, com 71 anos de idade.

Outubro 19, 2013

CARLOS WILSON, FERNANDO MATOS, MANUEL BRAGA, NEVES E TAFOY, BOXISTAS DE MOÇAMBIQUE, 1945

Muito grato a Raquel Braga, filha de Manuel Braga, que se deu à chatice de digitalizar e enviar cópias dos documentos em baixo, que foram recuperados.

Recorte de um jornal português não identificado, de 1945, dando notícias da chegada a Lisboa dos pugilistas moçambicanos.

Recorte de um jornal português não identificado, de 1945, dando notícias da chegada a Lisboa dos pugilistas moçambicanos Fernando Matos e Carlos Wilson, Júlio Neves, Manuel Braga e Jorge Tafoy. Aguardavam-nos Carlos Gomes, Xangai Justino Rodrigues e Jorge Larzen.

Segundo a Raquel Braga, filha de Manuel Braga, este fotografia foi tirada no ringue do Campo Pequeno, Portugal, em 1945.

Segundo a Raquel Braga, filha de Manuel Braga, esta fotografia foi tirada no ringue do Campo Pequeno, Portugal, em 1945. Supostamente são os boxistas de Moçambique mas não sei onde pus a legenda. Deixo aqui uma grelha e quem puder ajudar, por favor escreva para aqui com detalhes. Da esquerda: B1, B2, B3, B4, B5, B6 e B7. Ah já encontrei. A Raquel escreveu: “contando da esquerda para a direita: Jorge Táfoi, Fernando Matos, Xangai, a pessoa a seguir ou é o manager Palma Moura ou Carlos Gomes estou em duvida de seguida Carlos Wilson, Manuel Carvalho Braga e Júlio Neves, a foto foi tirada no ringue do Campo Pequeno em Lisboa”.

Outubro 16, 2013

PÁRA-QUEDISTAS NO AERÓDROMO DA COSTA DO SOL, ABRIL DE 1974

Fotografia e textos de António Campos.

A foto, sem legendas, dos nossos heróis dentro dum Douglas C-47.

A foto, sem legendas, dos nossos heróis dentro dum Douglas C-47.

Avião: Douglas C-47 (versão militar do Dakota DC3); Local: Costa do Sol, a Norte de Lourenço Marques; Data: Mar/Abr 1974. 1º fila: 1- Carlos Boto, 2- Carlos Pacheco, 3- Raúl Curado, 4-?, 5-?, 6-?. 2ª Fila: 7- Carlos Abrantes, 8- Claudemiro Anjos, 9- Jorge Ribeiro, 10- António Jardino, 11- Victor Pacheco, 12- Fernando Manguinhas, 13 - ? 3ª Fila: 14 - ?, 15- Guerra, 16- ?, 17- Mike, 18- Gominho, 19- António Campos, 20-Ramos, 21- Vicotr Laranjeira?, 22- ?, 23- Roberto Velloza?

Avião: Douglas C-47 (versão militar do Dakota DC3); Local: Costa do Sol, a Norte de Lourenço Marques; Data: Março/Abril de 1974. 1º fila: 1- Carlos Boto, 2- Carlos Pacheco, 3- Raúl Curado, 4-?, 5- Manuel Martins, 6-?. 2ª Fila: 7- Carlos Abrantes, 8- Claudemiro Anjos, 9- Jorge Ribeiro, 10- António Jardino, 11- Victor Pacheco, 12- Fernando Manguinhas, 13 – ? 3ª Fila: 14 – ?, 15- Guerra, 16- ?, 17- Mike, 18- Gominho, 19- António Campos, 20-Ramos, 21- Victor Laranjeira?, 22- ?, 23- Roberto Velloza?

OS VENCEDORES DO TORNEIO INDEPENDÊNCIA EM PÁRA-QUEDISMO, JUNHO DE 1975

Filed under: 1970 anos, António Campos, Flávio Carmelo, Mário Secca + — ABM @ 5:34 pm

Fotografias e texto de António Campos.

Torneio Independência Inhambane 29 Jun 1975 Avião: Cessna 206 Skywagon CR7-AKD (familiarmente tratado por Kilo Delta) Piloto: Carlos Costa (Betuka) Equipa vencedora -da esquerda para a direita: Flávio Carmelo, António Campos e Mário Secca, Camilo. Mário Secca faleceu no Brasil.

Torneio Independência, disputado em Inhambane a 29 de Junho de 1975 Avião: Cessna 206 Skywagon CR7-AKD (familiarmente tratado por Kilo Delta) Piloto: Carlos Costa (Betuka) Equipa vencedora -da esquerda para a direita: Flávio Carmelo, António Campos, Mário Secca e Camilo. Mário Secca já faleceu, no Brasil.

PÁRA-QUEDISTAS DE LOURENÇO MARQUES, ANOS 1970

Fotografias e texto de António Campos.

 

xxxxx

De pé, da esquerda; António Campos e Claudemiro Anjos e Matos. Sentados: Jorge Ribeiro e Álvaro Gil. Atrás a equipar-se: Raúl Curado. À espera do Douglas C 47 para mais um salto na Costa do Sol. A regra era sempre, com disciplina militar: 6:30 rodas no ar. O voo que durava pouco mais de 5 minutos até ao início da largada, dependendo da direcção do vento e da pista utilizada, permitia-nos ainda assim assistir a um espectáculo vedado à maioria dos mortais. Apreciar do ar uma vista maravilhosa da nossa bela cidade ao raiar da aurora. Que aliás como outras, estiveram sempre associadas à nossa actividade e que nos ficaram para sempre gravadas no coração. As mulheres já tinham partido com os carros para a zona de saltos atrás das salinas, para trazer a malta de volta ao Aero Clube para arrumar o material e também dar boleia àqueles que trabalhavam como era o meu caso e que entrava às 7.30. Quem entrava às 8 tinha mais tempo mas mesmo assim apertado e que só o trânsito da praia para a baixa àquelas horas permitia.

 

 

Outubro 9, 2013

COSTA PEREIRA, JOGADOR DE FUTEBOL, ANOS 1950

Filed under: 1950 anos, Costa Pereira — ABM @ 1:37 am

Fotografia de Carla Botelho Pinhal, restaurada.

 

Costa Pereira. Com dedicatória à Família Botelho.

Costa Pereira. Com dedicatória à Família Botelho.

 

 

Outubro 6, 2013

FALECEU ARNALDO CONSTANTINO, ANTIGO CAMPEÃO DE AUTOMOBILISMO DE MOÇAMBIQUE

Foto de Bebé Amaro Morais

 

Faleceu este fim de semana em Maputo o antigo campeão de automobilismo de Moçambique, Arnaldo Constantino. À sua Família dirigimos as nossas condolências.

Faleceu este fim de semana em Maputo o antigo campeão de automobilismo de Moçambique, Arnaldo Constantino. À sua Família dirigimos as nossas condolências.

Setembro 29, 2013

32º ENCONTRO DOS ANTIGOS NADADORES DE MOÇAMBIQUE EM 26 DE OUTUBRO DE 2013

 

zzz

Convite e detalhes

Mapa de localização do local do Encontro.

Mapa de localização do local do Encontro.

Junho 13, 2013

HOMENAGEM DO SPORTING DE LOURENÇO MARQUES A BOTELHO DE MELO, 1968

Grato à Guida e Sérgio Vilarinho, que tinham este recorte guardado em casa e se deram ao incómodo de o digitalizarem e enviarem.

 

O recorte noticiando o jantar de homenagem a Manuel Inácio Botelho de Melo

O recorte noticiando o jantar de homenagem a Manuel Inácio Botelho de Melo, que durante uma época treinou o Sporting de Lourenço Marques, no que foi sucedido por Mário Ramalho.

Março 24, 2013

ANTÓNIO TRINDADE, GRANDE TENISTA DE MOÇAMBIQUE, VENCE COPA IBÉRICA HOJE

Filed under: 2010 anos, António Trindade, TÉNIS DE MOÇAMBIQUE — ABM @ 11:21 pm

Parabéns ao nosso Campeão.

António Trindade no momento em que recebe o prémio de vencedor da Copa Ibérica, por parciais de  6-4, 7-5.

António Trindade no momento em que recebe o prémio de vencedor da Copa Ibérica, por parciais de 6-4, 7-5.

António Trindade, figura lendário do ténis de Moçambique antes da Independência, soma mais uma vitória.

António Trindade, figura lendária do ténis de Moçambique antes da Independência, soma mais uma vitória.

Março 18, 2013

CAIXA DE FÓSFOROS DO GRUPO DESPORTIVO LOURENÇO MARQUES

Filed under: 1940 anos, Caixa de fósforos do GDLM — ABM @ 7:47 pm
Face de caixa de fósforos do Grupo Desportivo Lourenço Marques, creio que produzidos em Macau.

Face de caixa de fósforos do Grupo Desportivo Lourenço Marques, creio que produzidos em Macau.

CAIXA DE FÓSFOROS DO GRUPO DESPORTIVO 1º DE MAIO DE LOURENÇO MARQUES

Filed under: 1940 anos, Caixa de fósforos do 1º de Maio — ABM @ 7:41 pm
Face de caixa de fósforos do Grupo Desportivo 1º de Maio, um clube histórico de Lourenço Marques.

Face de caixa de fósforos do Grupo Desportivo 1º de Maio, um clube histórico de Lourenço Marques.

Março 17, 2013

FALECEU O PROFESSOR JOSÉ PINTASSILGO, TREINADOR DE ANGOLA

A natação portuguesa e de Angola pré-independência perdeu uma das suas grandes referências. O Professor José Manuel Pintassilgo faleceu no dia 15 de Março de 2013. Os nadadores e treinadores de Moçambique apresentam sinceras condolências à sua Família.

O Professor Pintassilgo, aqui no encontro dos antigos nadadores de Angola em 2011.

O Professor Pintassilgo, aqui no encontro dos antigos nadadores de Angola em 2011.

Outubro 7, 2012

ELIAS MAIO, HÉLDER MOURA E CÂNDIDO VEIGA, O FERROVIÁRIO VENCE A TAÇA SALAZAR. 1950

Fotografia de Carla Pinhal, restaurada.

 

Taça Salazar ganha pelo Clube Ferroviário em 1950″. Da esquerda para a direita, Elias Dias Maio, Helder Moura e Candido Veiga.

O GRUPO DESPORTIVO 1º DE MAIO NO XAI-XAI, 1946

Filed under: 1940 anos, 1º de Maio no Xai Xai 1946 — ABM @ 9:09 pm

Fotografia de Carla Pinhal, restaurada.

Para ver a foto em tamanho gigante, prima na imagem com o rato do computador.

 

“O Grupo Desportivo 1º de Maio no Xai Xai 1946”. O pai da Carla -Armindo Pinhal – está algures no meio do grupo…

EXCURSÃO FUTEBOLÍSTICA A XINAVANE, MAIO DE 1950

Fotografia de Carla Pinhal, restaurada.

 

Não sei que equipa esta é.

 

“Excursão a Xinavane 28-05-1950”. Da esquerda para a direita:
Fila de baixo – o 1º é o Julio Queiroz (?), o 3º é o Gilberto Lopes e o 5º é o Claudino Ribeiro (?) Fila de cima – o 3º é o Armindo Pinhal e o 8º é o Helder (?)

A EQUIPA DE CICLISMO DO FERROVIÁRIO EM LOURENÇO MARQUES, OUTUBRO DE 1947

Fotografia de Carla Pinhal, restaurada.

 

A equipa de ciclismo do Ferroviário que se classificou em segundo lugar, 14-10-1947 . Da esquerda para a direita: o 1º é o Pires, o 4º é o Pedro Mendonça e o 5º o Armindo Pinhal

A EQUIPA DE FUTEBOL DO ARSENAL NA NAMAACHA, ANOS 1940

Filed under: 1940 anos, Armindo Pinhal, Equipa do Arsenal, Júlio Queiroz, Picolo — ABM @ 8:41 pm

Fotografia de Carla Pinhal, restaurada.

 

Legenda “Arsenal na Namaacha, empatamos por 3-3”. Deve ter sido na 2ª metade da década de 1940. Da esquerda para a direita:
Fila de baixo – o 2º é o Julio Queiroz (?) e o 3º é o Picolo (?)
Fila de cima – o 5º é o Armindo Pinhal

Outubro 3, 2012

O PRIMEIRO ALMOÇO DOS ANTIGOS FUTEBOLISTAS DE MOÇAMBIQUE NO BIG SLAM, 2012

Filed under: 2010 anos, Almoço Antigos Futebolistas de Moç 2012 — ABM @ 6:58 pm

Para ver esta reportagem no magnífico Big Slam, prima AQUI.

Ora vejam os campeões aqui em cima. Para ver mais, prima na ligação indicada em cima e visite o Big Slam.

Setembro 30, 2012

O 31º ENCONTRO DOS ANTIGOS NADADORES DE MOÇAMBIQUE REALIZA-SE A 27 DE OUTUBRO EM LISBOA

Filed under: 2010 anos, Convívio Natação Moç. 27.10.2012 — ABM @ 5:01 pm

A piscina do Grupo Desportivo Lourenço Marques, 1970. Para ver em tamanho gigante, prima na imagem com o rato do seu computador.

Desfile em Lourenço Marques, 1966, com membros da equipa de natação do Desportivo, à frente José Manuel Abreu, atrás: Ana Paulo Pinto, Lídia Gouveia, Anabela Gouveia, Alice Aleixo, Cló Botelho de Melo, etc.

Ajude a distribuir este documento enviado o link deste blogue aos seus amigos e inimigos.

Mapa de localização do restaurante, em Lisboa.

Setembro 15, 2012

A EQUIPA DE FUTEBOL DO FERROVIÁRIO DE LOURENÇO MARQUES NO AEROPORTO, ANOS 1950

Filed under: 1950 anos, Equipa Ferroviário LM, FUTEBOL MOÇAMBIQUE — ABM @ 1:15 pm

Fotografia de Carla Pinhal, filha de Armindo Pinhal, gentilmente cedida e que restaurei.

A foto não tem legenda. Deve ter sido tirada na segunda metade da década de 1950, é a equipa de futebol do Ferroviário a embarcar para a Africa do Sul.

Da esquerda para a direita:
Fila de baixo – Marques Neves, Costinha, Liua, ?, Cândido Veiga
2ª fila – Costa Pereira, Elias Dias Maio (tio da Carla), Epifanio Cunha, ?, Henrique Rodrigues, ?, Hélder Moura, Gilberto Morais, Severiano Correia (treinador)
3ª fila – Reis, Trigo de Morais, Valentim
4ª fila – Amadeu Castelo, ?, Viana

Quem conhecer mais alguém nesta foto, por favor escreva uma linha para aqui.

A equipa de futebol do Ferroviário no Aeroporto de Lourenço Marques, antes da partida para um jogo na África do Sul, anos 1950. Para ver a fotografia em tamanho gigante, prima na imagem com o rato do computador.

Setembro 14, 2012

OS IRMÃOS HERNÂNI, FLÁVIO E EPIFÂNIO CUNHA, DO CLUBE FERROVIÁRIO DE LOURENÇO MARQUES, ANOS 1950

Fotografia muito gentilmente enviada por Carla Pinhal e restaurada.

 

Os irmãos Cunha – Hernani, Flávio e Epifanio (voador), atletas do CLube Ferroviário de LM, A foto não tinha data, presumo que seja do final dos anos 1950.

 

 

A EQUIPA DE HÓQUEI VENCEDORA DO TORNEIO DE MONTREUX, 1958

Fotografia muito gentilmente enviada por Carla Pinhal e restaurada.

 

Mais do que para Portugal, cuja bandeira representava, esta equipa marcou, com o seu desempenho, um momento seminal no desporto de Moçambique, mesmo num contexto em que, no futebol português, já se afirmava uma nobre e incontornável estirpe moçambicana. De pé, da esquerda: Souto, Abílio Moreira, Velasco, Adrião, Bouçós e Carrelo. De joelhos:Romão Duarte, Passos Viana, Moreira e Vitor Rodrigues. Heróis de uma geração. Veja esta foto em tamanho máximo premindo a imagem com o rato do seu computador.

 

 

« Newer PostsOlder Posts »

Create a free website or blog at WordPress.com.