THE DELAGOA BAY COMPANY

Dezembro 21, 2010

ALMOÇO DA ESCOLA INDUSTRIAL MOUZINHO DE ALBUQUERQUE HOMENAGEIA O PROF. RUI BAPTISTA

Um pequeno grupo de antigos alunos da Escola Industrial Mouzinho de Albuquerque, em Lourenço Marques, deslocou-se recentemente do Norte e Sul do país até Coimbra, onde surpreenderam o Prof. Rui Baptista com um convite impromptu para um almoço.

O copioso repasto teve lugar no restaurante Rui dos Leitões, em Coimbra, entre momentos de grande alegria e amizade.

As fotos tiradas na ocasião:

Da esquerda para a direita: Godinho Antunes (e a sua farta bigodaça!), de Coimbra, o Professor Rui Baptista, Carlos António, de Lisboa, e Duarte Silva, que veio de Faro.

Da esquerda para a direita: Duarte Silva, o Prof. Rui Baptista, Adolfo Figueiredo e Carlos da Conceição.

Godinho Antunes jogou futebol na equipa principal do Clube 1º de Maio de Lourenço Marques.

Carlos António foi campeão de Pesos e Halteres de Lourenço Marques, na categoria de leves, em representação do Clube Ferroviário de Moçambique.

O próprio Prof. Rui Baptista foi campeão de médios nessa mesma competição.

Adolfo Figueiredo, para além de ex-aluno na Escola Industrial, foi também aluno do Prof. Rui Baptista na Classe de Pesos e Halteres do Ferroviário.

Quanto a Duarte Silva, do seu passado desportivo, apenas se retém o de ser um bom garfo, que deve a sua “forma física” às aulas de Educação Física que o Prof. Baptista lhe deu….há quarenta anos.

No final, aos seus organizadores, o Prof. Baptista agradeceu com um abraço de muita amizade a surpresa do almoço e a sua grata presença na cidade à beira do Mondego.

Anúncios

9 comentários »

  1. E já que é referida a bigodaça do eng.º Godinho Antunes, na primeira fotografia, acrescenta-se o bigodinho de galã de telenevola mexicana de Duarte Silva. Como é uso dizer-se, “o seu a seu dono”.

    Ademais,´agradeço em meu nome e da “malta” da Indústria aqui retratada a disponibilidade do meu bom amigo António Botelho de Melo em tornar presente um passado saudoso de uma não menos saudosa Lourenço Marques. Bem haja!

    Comentar por Rui Baptista — Dezembro 21, 2010 @ 1:41 pm

  2. Embora, um tanto ou quanto fora do contexto, faço um apelo a quem, porventura, possua uma fotografia da ex- Sociedade de Estudos de Moçambique que a publique neste blogue.

    A razão sentimental que preside a este meu pedido, reside no facto de ter sido bibliotecário e vice-presidente da respectiva Secção de Ciências (1973) e presidente da Secção de Ciências (1974/75) e aí ter realizado duas conferências, respectivamente, “Educação Física, Ciência ao Serviço da Saúde Publica” (16/08/72) e “Os pesos e halteres e a função cardiopulmonar segundo o teste de aptidão física do doutor Cooper” (02/07/73). Estas duas conferências – tendo sido, inclusivamente, a primeira publicada no respectivo Boletim n.º 174, 1973-, fizeram com que a Educação Física e o Desporto entrassem pela porta grande desta prestigiada agremiação cultural e cientifica de Moçambique.

    Costuma dizer-se que quando se é novo olha-se para o futuro, na meia-idade para o presente e na velhice para o passado. Esta a justificação principal deste meu pedido.

    Comentar por Rui Baptista — Dezembro 21, 2010 @ 10:07 pm

  3. Prof
    Foi com grande alegria que li o seu comentário relativo ao Marcelo Sá, porque me fez recuar uns bons anos até à vetusta EIMouzinho de Albuquerque em que tive o prazer de ser aluno e onde colaborei consigo, entre outras coisas, numa velha excursão ao Bilene.
    Possuo algumas fotos dessa época, em que aparece em 1.º plano e que gostaria de lhe enviar cópias, para se poder recordar. Julgo que nunca as viu, em virtude de terem sido tiradas por mim.
    Nalgumas dessas fotos, também aparece o Marcelo Sá, aí com os seus 10/12 “anitos” e antes de se ter tornado “estrela”.
    O meu endereço é “mairesau@gmail.com” e pode crer que ficarei muito feliz se me der a oportunidade de lhe fazer chegar as referidas fotos.
    Receba um grande abraço do
    Aires Martins

    Comentar por Augusto Martins — Janeiro 6, 2011 @ 3:49 pm

  4. Das excursões da Escola Industrial recordo-me que o seu organizador era o “Malhoa” (porque pintava as situações conforme lhe convinha!) que contratava a camioneta recolhendo dos colegas as referidas comparticipações.

    Acontece que durante a viagem os alunos perguntavam ao motorista quanto tinha custado o aluguer da camioneta. Obtido esse valor, logo o dividiam pelo número de excursionistas (num tempo em que os alunos sabiam fazer contas!) chegando à conclusão que o numerário por eles dispendido “per capita” ultrapassava esse valor. O Malhoa não desarmava: “Então eu que tive todo o trabalho não havia de ganhar nenhum?” E a viagem prosseguia com a malta a cantar em animada confraternização.

    Grande amigo meu este ” bom malandro” que durante anos a fio, estivesse eu onde estivesse, descobria as minha morada mandando-me as Boas-Festas dos países árabes onde trabalhava, salvo erro, em poços petrolíficoa.

    Alguém sabe dele? Daqui lhe envio um abraço amigo e outro, não menos amigo, para si, caríssimo Augusto Martins. E, comol diz o ditado,” a pobre não prometas e a rico não devas” cá fico à espera das fotografias prometidas.

    Comentar por Rui Baptista — Janeiro 9, 2011 @ 3:06 am

  5. Professor RUI BAPTISTA

    Ao reler agora, de novo, este seu post anterior, quero dizer-lhe que o célebre “MALHOA”, já se encontra reformado e deixou-se das plataformas petrolíferas. Encontrei-o em 2010 aqui no Cascais Shopping e estivemos a relembrar velhos tempos. Ele disse-me que tinha tido um problema de saúde (creio que da vista) e em vias de ser ultrapassado, nessa altura, mas que não pensava regressar à vida anterior. Ele vive aqui na zona de Cascais. Infelizmente não fiquei com nenhum contacto dele, mas da próxima vez que o encontrar (porque vivo em Carcavelos e vou lá com alguma frequência) tentarei obter esse contacto e dar-lhe notícias suas.
    Após as nossas mensagens anteriores, já consegui algumas informações de outros alunos, meus contemporâneos. O grande problema em encontrar os da minha geração, está no facto de ser gente, toda ela já velha para as novas tecnologias e que não tiveram, nem a necessidade, nem a curiosidade de continuarem a aprender.
    Mas eles lá irão, porque as bases para esse “querer”, eles obtiveram-nas na EIMA, sem dúvida. Só precisam de um empurrãozinho/zão.
    Receba um grande abraço deste seu já velho aluno que lhe deseja muita saúde

    Aires Martins

    Comentar por Augusto Martins — Fevereiro 4, 2011 @ 3:45 pm

  6. Amigo Augusto Martins: Com alegria tomei conhecimento do seu encontro com o “Malhoa”. É-nos sempre grato (aos jovens da EIMA, nos quais me incluo) o reencontro de amigos. Oxalá, volte a ver esse “bom malandro” e ele lhe diga o motivo pelo qual deixou de me enviar votos de boas-festas como fez durante muitos anos, estivesse onde estivesse. Um grande abraço, retribuindo-lhe, com grande amizade, os votos de muita saúde.

    Comentar por Rui Baptista — Fevereiro 7, 2011 @ 1:07 am

  7. Que prazer tive em acidentalmente ver as photo ‘s dos meus antigos amigos Prof Rui Baptista e Carlos Antonio “Carvalhinho” assim conhecido pois copiava todos os exercissios que eu fazia,naturalmente que teve excelente rezultados,infelizmente as dezenas de photos que um amigo tirou de mim quando treinei no Ferroviario,nunca ‘sairao” mas nao obstante na altura so o meu amigo Leong (Falecido)e mais um outro individio era substancialmente “grande”… o resto’gostavao de ser!!!”Noto nesta photo que meu amigo “Carvalhinho” esta um pouco mais ‘pesado’infelizmente nao me encontro perto,pois como no passado podia dar umas ideas como: uma dieta de vegetais,preferivelmente escuros verdes,cozinhados em vapor,com um pouco de azeite de oliveira (leve) sumo de limao,peixe grelhado 4 vezes a semana carne sem gordura,cozinhada na grelha,fruta,agua, 3 litros por dia minimo ou cha verde,nada de bebidas coca cola etc alcoolicas Uma caminhada acelerada diaria de 30 minutos ,arobicos,extencoe dos musculos s,natacao 100mts rapido,50 meia forca 100 rapidos, X 5. 3 vezes por semana uma volta de bicicleta de 10 klm,No fim de 3 meses podes competir a vontade com ‘malta’ de metada da tua idade,nao digo nem aconcelho nada que NAO faca eu,nado em competicao em mare aberto todas as semanas durante a nossa altura de Verao,e sim, mesmo com cancro e depois de radiotherapia continuo a competir e ganhar dentro da minha idade,67 anos,corro entre 65/70 anos de idade,boa sorte Carvalhinho,noto que os teus peitorais necessitao de um pouco de exercisio,e nao falo dos abdominais!!! dieta e exercisio a revista para ler e ‘Strengh & Health”Good luck,boa sorte pede ao Dr para te mostrar a minha photo na piscina do ano passado pre cancro,quando me preparava para uma prova de 5000 metros entre praias e nadar em mare alto,no oceano Pacifico podes ver no Google Palm Beach/Newport Beach no estado de NSW se ele a perdeu a diz eu mando o recorte do jornal local com a minha photo.Continuo a viver para competir seja em negocio (agora nao ja estou reformado a quaze dez anos)a vida sempre e uma competicao os bons ganhao os outros vegetao.Noto que Portugal continua a ser um Pais fantastico,os jornais e revistas referem ao vosso dinamismo,governo,bom clima gazolina barata,e a forca da vossa moeda,AHhhh economia.Baiao neste pais mizeravel viz a viz A Portugal

    Comentar por Manuel Carvalho (Baiao) — Maio 14, 2011 @ 8:48 am

  8. Professor Rui Baptista, como vai Coimbra. Estive a estagiar na Escola Secundária José Falcão em 1998/1999 com a Ângela vindo de Moçambique e foi uma boa oportunidade para o meu desenvolvimento profissional. Um abraço

    Comentar por Pedro Pessula — Maio 18, 2011 @ 11:37 am

  9. Meu Caro Pedro: Coimbra continua sempre na mesma. Sempre à sombra da Velha Torre que, com todas as suas virtudes e os defeitos da “patine” de séculos de tradição acolheu, de braços abertos, a Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física, tendo eu tido a honra de pertencer ao seu primeiro corpo docente que procedeu à sua instalação.

    Embora pertencendo ao quadro da Escola Secundária de José Falcão, na altura em que o Pedro aí estagiou, encontrava-me eu destacado como professor na Escola do Magistério Primário de Coimbra.Antes disso, estive como assistente do ISEF da Universidade do Porto. Enfim um verdadeiro “globetrotter”! Um grande abraço.

    Comentar por Rui Baptista — Maio 18, 2011 @ 2:33 pm


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: