THE DELAGOA BAY COMPANY

Março 24, 2011

CURRÍCULO DO PROF. JOÃO CORREIA BOAVENTURA

Documento “raptado” do excelente sítio dos ex- Liceu António Enes.

Merece leitura atenta.

Então aqui vai:

Prof. João Correia Boaventura, Educação Física

Nasceu em Lisboa, em 1 de Outubro de 1924, no Bairro de Santa Catarina.

Emigrante aos 4 anos de idade para Vigo e depois para Madrid, onde estudou até ao 2º ano dos liceus, em 1936, ano em que eclodiu a Guerra Civil Espanhola, pelo que teve de deslocar-se a Alicante para embarcar no Contratorpedeiro Douro, destinado a transportar refugiados portugueses e brasileiros para Lisboa.

Frequentou os Liceus: Secção do João de Castro (situado no local onde hoje está o Centro Cultural de Belém), Passos Manuel, Secção do Passos Manuel (Carmo) e Gil Vicente.

Funcionário do Instituto Nacional de Estatística e do Comando-Geral da PSP (1945-1957).

Como trabalhador-estudante, licenciou-se em Educação Física e frequentou o Curso de Sociologia no ISCTE, faltando uma cadeira para a licenciatura.

Funções desempenhadas

A – Em Moçambique (Lourenço Marques):

1 – Professor de Educação Física no Liceu António Enes (1958-1975)
2 – Director do Centro de Documentação e Informação do Conselho Provincial de Educação Física de Moçambique (1968-1975)
3 – Professor da Escola de Educação Física de Lourenço Marques para as cadeiras de “Doutrina, Legislação e Orgânica”, “História da Educação Física”, “Educação Física Comparada”, “Deontologia”, e “Administração e Organização da Educação Física” (1969-1975)
4 – Inspector do Centro de Medicina Desportiva de Lourenço Marques (1966-1969)
5 – Director e Prelector do Curso de Treinadores e Árbitros de Futebol de Moçambique (1969)
6 – Delegado de Moçambique para o “Clearing House” (Bruxelas) (1969-1975)
7 – Prelector nos seguintes eventos:
7.1 – Colóquio de Arbitragem de Hóquei em Patins (1969)
7.2 – Colóquio sobre Futebol, organizado pela Associação Provincial de Futebol de Moçambique (1974)
7.3 – Curso Provincial de Treinadores de Futebol (1974)
7.4 – Curso de Educação Física para o Ensino Primário (1970)
8 – Dirigente do Grupo Desportivo 1.º de Maio (1969-1972)
9 – Preparador físico da equipa de Futebol do Grupo Desportivo 1º de Maio (1969-1972)
10. Preparador físico da Selecção Provincial de Futebol de Moçambique (1972)
11 – Membro das seguintes organizações:
11.1 – Comissão de Inauguração do Estádio Salazar (Serviços de Imprensa) (1968)
11.2 – Comissão para a elaboração do novo Diploma Legislativo do Desporto em Moçambique (1969)
11.2 – Comissão Organizadora do I Simpósio de Investigação Aplicada à Educação Física e Desportos (1970)
11.3 – Comissão Organizadora dos V Jogos Desportivos Luso-Brasileiros (1972)
11.4 – Comissão Instaladora dos Centros de Medicina Desportiva de Moçambique (1972-1973)
11.5 – Grupo de Estudos e Trabalho para Aperfeiçoamento do Ensino, na Inspecção Provincial de Educação de Moçambique (1973)
11.6 – Comissão Organizadora do VII Campeonato Mundial de Vela da Classe Vaurien (1973)
11.7 – Comissão Organizadora do Comité Olímpico Moçambicano, e sua filiação no CIO (1974)
11.8 – Comissão Central da Organização das Federações Desportivas Moçambicanas, e filiações nas respectivas Federações Internacionais (1974)
11.9 – Comissão Organizadora do Festival da Independência de Moçambique (1974-1975)
12 – Organizador do Festival da Independência de Moçambique, e da “Chama da Unidade”
13 – Secretário do 1º Curso de Introdução à Medicina Desportiva, na Universidade de Lourenço Marques (1974)
14 – Presidente do Conselho Provincial de Educação Física de Moçambique (1974-1975)
15 – Indigitado para Subsecretário de Estado para a Educação Física e Desportos, pela Assembleia Magna dos Professores de Educação Física, a pedido do Governo de Transição de Moçambique
16 – Director e colaborador da revista “Educação e Movimento” (1974-1975).

B – Em Portugal

1 – Serviço Militar como Oficial Miliciano em Caçadores 1, em Portalegre (1945-1948)
2 – Preparador das equipas Militares de Caçadores 1 (Portalegre) em Corta-Mato, Futebol e Voleibol (1947)
3 – Organizador do Campeonato de Voleibol da Cidade de Portalegre (1948)
4 – Fundador da Associação Distrital de Voleibol de Portalegre (1948)
5 – Professor de Educação Física na Escola Secundária de Camões (1957-1958, e 1975-1993), na Escola do Magistério Primário de Lisboa (1957-1958) e no Colégio Frei Luís de Sousa (Almada) (1957)
6 – Preparador físico da equipa de Hóquei em Patins do Clube Atlético Campo de Ourique (1957-1958)
7 – Impulsionador da realização do Congresso da Associação Internacional de História da Educação Física e do Desporto, em Lisboa, como membro fundador desta (1980)
8 – Director do Centro de Documentação e Informação da Direcção-Geral dos Desportos (1975-1981)
9 – Delegado do “Clearing House” (Bruxelas) (1975-1980)
10 – Delegado do “International Sports and Physical Education Data System (University of California) (1977-1980)
11 – Membro da Comissão de Estudos da Violência e Medidas de Segurança nos Recintos Desportivos (1977-1980)
12 – Membro do Departamento de Formação Desportiva do Sporting Club de Portugal (1980-1983)
13 – Prelector no Curso de Treinadores de “Taekwon-do” (1982)
14 – Vice-Presidente do Conselho Directivo da Escola Secundária de Camões (1983-1984)
15 – Presidente da Comissão Organizadora do Museu Nacional do Desporto (1980) e (1985)
16 – Membro do Grupo de Trabalho para a elaboração do Diploma Legislativo sobre as relações entre o Estado e o Associativismo (1984)
17 – Coordenador do Atlas Desportivo Nacional (1986)
18 – Participou no Encontro Autarcas do Desporto, em Coimbra (1987)
19 – Membro do Grupo de Trabalho sobre o Desporto Profissional (1986-1988)
20 – Participou no Forum Horizonte, Oeiras (1988)
21 – Delegado à VII Reunião da Comissão Mista Permanente de Cooperação Caboverdiana, Mindelo (1988)
22 – Delegado à VIII Reunião da Comissão Mista Permanente de Cooperação Luso-Sãotomense (S. Tomé) (1988)
23 – Subdirector-Geral dos Desportos (1988-1993)
24 – Membro do Grupo de Trabalho para a elaboração de um Programa de Formação de Treinadores para os Países Africanos, em Londres (1989-1990)
25 – Membro da Comissão de Acompanhamento, Avaliação e Auditoria do Orçamento do Ministério da Educação (1990)
26 – Prelector da cadeira de Sociologia do Direito Desportivo no Curso de Pós-Graduação em Direito Desportivo, na Universidade Lusíada, em Lisboa e no Porto, no ano escolar 1995-1996

C – Participação em Reuniões Internacionais

1 – Congresso Internacional das Ciências da Actividade Física, no Québec (Canadá) (1976)
2 – Congresso Internacional do Council on Health, Physical Education and Recreation (ICHPER) na Cidade do México (1976)
3 – Reunião do Conselho da Europa sobre Desporto e Autarquia, em Madrid (1978)
4 – Congresso Científico Olímpico, no Oregon (USA) (1984)
5 – I Seminário sobre Desporto e Autarquia, na Fundação Gulbenkian (1985)
6 – II Seminário sobre a Sociedade e as Forças Armadas, em Lisboa (1985)
7 – Jornadas de História Contemporânea de Portugal, na Fundação Gulbenkian (1985)
8 – I Encontro Mundial de Directores de Museus de Desporto, organizado pelo CIO ,em Lausana (1986)
9 – I Conferência Ibero-Americana sobre o Desporto e a Educação Física, em Madrid (1986)
10 – Seminário sobre Equipamentos Desportivos, na Fundação Gulbenkian (1986)
11 – 5.ª Reunião Intergovernamental para a Educação Física e o Desporto, na UNESCO (Paris), (1986)
12 – Colóquio sobre o Estado Novo, na Fundação Gulbenkian (1986)
13 – Seminário do Comité Internacional para a História do Desporto, da UNESCO, em Kobe (Japão) (1986)
14 – II Conferência Ibero-Americana do Desporto para Todos, em S. Carlos de Bariloche (Argentina) (1986)
15 – Membro para a criação e elaboração dos Estatutos da Federação Pan-Americana do Desporto para Todos, em S. Juan de Bariloche (Argentina) (1986)
16 – Seminário sobre Desporto para Todos, em Montevideo (Uruguai) (1986)
17 – Sessão da criação da Academia Olímpica Portuguesa, em Troia, (1987)
18 – 8ª Conferência Desportiva Europeia, em Atenas (1987)
19 – I Sessão da Academia Olímpica Portuguesa, em Vila Real (1988)
20 – II Sessão da Academia Olímpica Portuguesa, em Santarém (1989)
21 – Semana do Desporto e Cultura, em Macau (1989)
22 – Seminário Internacional sobre Planear o Futuro do Desporto, em Lahti (Finlândia) (1990)
23 – III Sessão da Academia Olímpica Portuguesa, em Albufeira (1990)
24 – Seminário Europeu sobre Informação Desportiva, em Madrid (1992)
25 – Elaborador do documento I Jeux Communautaires de la Jeunesse para a Commission des Communautés Européennes (1993)
26 – Delegado de Portugal à reunião sobre The implications of European Community Directives on Sports, Luxemburgo (1993)

D – No âmbito da Violência Associada ao Desporto:

Colaborador nas seguintes instituições:

1 – Comissão de Estudos da Violência e Medidas de Segurança nos Recintos Desportivos, Lisboa (1977-1980)
2 – Grupo de Investigação Científica da Associação Internacional para a Luta contra a Violência Associada ao Desporto (Bruxelas) (1977-1980)
3 – Grupo de Trabalho para a Formação da Fundação Internacional Rita de Backer-Van Ocken para a Luta contra a Violência Associada ao Desporto, e redacção dos respectivos Estatutos (Bruxelas) (1980)
4 – Grupo de Trabalho para a redacção da Convenção Europeia sobre a Violência e os Excessos dos Espectadores durante as Manifestações Desportivas, e em especial nos Jogos de Futebol Conselho da Europa (Estrasburgo) (1985)
5 – Conferência dos Ministros Europeus Responsáveis pelo Desporto, para aprovação do texto da Convenção Europeia sobre a Violência e os Excessos dos Espectadores durante as Manifestações Desportivas, e em especial nos Jogos de Futebol, no Conselho da Europa (Estraburgo) (1985)
6 – Comité Permanente da Convenção Europeia sobre a Violência (Estrasburgo)(1985-1993)
7 – Groupe de Travail sur la Securité dans les Stades, no Conselho da Europa, (Estrasburgo) (1986)
8 – European Congress on Violence Control in the World of Sports (Atenas) (1989)
9 – Seminário Internacional sobre o Espírito Desportivo, (Oeiras) (1989)
10 – Semana da Ética Desportiva, (Peniche) (1989)
11 – Coordenador da Campanha Nacional da Ética (1991)
12 – Seminaire sur les Attitudes des Jeunes et l’Éthique (Reiquejavique) (Islândia) (1991)
13 – 3rd Meeting on European Fair Play Initiatives (Frankfurt) (1991)
14 – Groupo de Travail sur l’Éthique du Sport et les Jeunes, no Conselho da Europa (Estrasburgo) (1991-1992)
15 – Semana de la Ética Deportiva, (Madrid) (1992)
16 – Jornadas Deporte sin Violencia, (Barcelona) (1995)
17 – Forum sobre a Prevenção da Violência Associada ao Desporto, no CCB (1998)
18 – III Jornadas de Sociologia do Desporto, em Lisboa (1999)

E – Membro das seguintes instituições:

1 – Sócio fundador da Sociedade de Língua Portuguesa(1950)
2 – Sócio fundador da International Society for the History of Physical Education and Sport (1969)
3 – North American Society for Sport History, desde 1974
4 – Philosophic Society for the Study of Sport, desde 1976
5 – Sócio fundador da International Society for Comparative Physical Education and Sport (1979)
6 –Centro de Investigação e Estudos de Sociologia (ISCTE), desde 1980
7 – Association for the Study of Play, desde 1981
8 – International Sociology of Sport Association, desde 1984
9 – The North American Society for the Sociology of Sport, desde 1984
10 – Australian Society for Sports History, desde 1985
11 – Centro de Investigação e Estudos de Sociologia, desde1986
12 – Academia Olímpica Portuguesa, desde 1988
13 – International Society of Olympic Historians, desde 1993
14 – Association of Sports Historians, desde 1998
15 – Sócio fundador da Sociedade Portuguesa de Psicologia Desportiva
16 – Sócio fundador da Sociedade Portuguesa de Educação Física

F – Trabalhos publicados

1 – Direito Desportivo. Subsídios para um Código Penal Desportivo, ed. DGEFDSE, Lisboa, 1958
2 – A Educação Física nos Trópicos (policopiado), trabalho apresentado no Congresso Luso-Brasileiro, em Luanda , 1966
3 – O Direito Desportivo e a Unidade Luso-Brasileira, (policopiado), trabalho apresentado no Congresso Luso-Brasileiro, em Luanda , 1966
4 – A Educação Física como meio de Aculturação (policopiado), trabalho apresentado no Congresso Luso-Brasileiro, em Luanda, 1966
5 – Inúmeros artigos no Notícias de Lourenço Marques, desde 1966 até 1974.
6 – A família como lugar de (re)produção da força de trabalho e do capital (policopiado), Lisboa, 1982
7 – O conceito de Estado em Karl Marx, Émile Durkhei, e Max Weber (policopiado), em colaboração com Carlos Monteiro, Hélia Lisboa et al., Lisboa, 1983
8 – A teoria da crise urbana, segundo Castells aplicada ao caso português, em especial ao equipamento social desportivo (policopiado), Lisboa, 1984
9 – A actividade física nas instituições civis e militares (policopiado), Lisboa, 1984
10 – O associativismo desportivo face à administração (policopiado), Lisboa, 1984
11 – O Desporto e o Salazarismo, in Relatório do Seminário Desporto e Autarquias, realizado na Fundação Gulbenkian, 1985
12 – O sufragismo feminino, antes, durante e depois da 1.ª República, à luz das constituições e das leis eleitorais (policopiado), em colaboração com Carlos Branquinho, Lisboa, 1985
13 – Algumas reflexões sobre a Escola de Frankfurt (policopiado), em colaboração com Carlos Branquinho, Hélia Lisboa e João Codina, Lisboa, 1985
14 – Corporativism in Portuguese Sport during Salazar’s Dictatorship, apresentado no ICOSH Seminar – Civilization Sport History, Kobe (Japão), 1986
15 – O Direito Desportivo na Vigência do Estado Novo (policopiado), apresentado no Colóquio sobre o Estado Novo. Das Origens ao fim da Autarcia. 1926-1959, na Fundação Gulbenkian, 1986
16 – Estudo sobre as Artes Marciais Orientais e as Organizações Não-Governamentais Mundiais, Internacionais, Continentais e Nacionais (policopiado), estudo solicitado pelo Conselho Superior do Desporto,1995
17 – Le Sport et les Jeunes, apresentado no Conseil de l’Europe, Strasbourg, 1995

Fevereiro 13, 2011

PRATA DIAS, TITO DE MORAIS, ROGÉRIO DE CARVALHO E JOÃO BOAVENTURA

O texto que segue é da autoria do Prof. Rui Baptista. A imagem fui eu que meti.

A propósito de um comentário de Augusto Martins [feito neste blogue]:

Começo por agradecer ao seu autor o facto de no seu texto referir mais uma faceta da actividade desportiva do meu Colega Prata Dias, a exemplo de um meu outro grande Amigo, também ele praticante de voos de trapézio, infelizmente também já falecido,o Dr. Augusto Tito de Morais, médico que me mereceu, recentemente, um outro post meu, publicado [recentemente] neste blogue, pelo reconhecimento da sua valiosa acção na prática dos Pesos e Halteres e como divulgador de conceitos científicos a ela atinentes.

Recordo-me das conferências que, a propósito, ambos realizámos na Associação dos Naturais de Moçambique e dos debates acalorados que mantivemos na sequência de uma conferência deste médico e professor universitário sobre a forma em obter um melhor rendimento biomecânico, sob o ponto de vista respiratório, durante a execução do “press”, levantamento de uma barra de pesos acima da cabeça com extensão dos membros superiores.

Chegámos a um ponto de impasse tal que ele, a páginas tantas, se virou para mim, dizendo publicamente: “Desafio-te a fazeres uma conferência sobre esta polémica temática”. Dito e feito. Passados alguns dias, apresentei-me para a fazer perante o mesmo público numeroso com a presença de um outro comum amigo, o Engenheiro Rogério de Carvalho. Durante cerca de uma hora explanei considerações de natureza biomecânica e fisiológica que acabaram por pôr ponto final à discussão.

Rogério de Carvalho, inicialmente, apoiante da tese de Tito de Morais, anos mais tarde, viria a escrever, com inegável brilho, o posfácio do meu livro “Os Pesos e Halteres, a função cardiopulmonar e o doutor Cooper” . A páginas tantas (p. 84), escreve ele, em citação ipsis verbis:

“Se as conferências sobre pesos e halteres do Dr. Rui Baptista tiveram o seu mérito assegurado, pela autoridade do conferencista, a publicação deste livro, nem por isso, deixava de se impor como primeiro contragolpe em defesa da caluniada ginástica com pesos, como concreto e valioso passo para retirar a modalidade do campo sempre impreciso do empirismo e como meio de libertar os cultores mais timoratos da preocupação subconsciente pelo futuro dos respectivos e preciosos sistemas cardiovasculares”.

Costuma dizer-se que as palavras são como as cerejas. Quanto a mim, o mesmo sucede no encadeamento dos nossos pensamentos: começando ambos por falar de Prata Dias voou o meu pensamento para outros dois grandes amigos: Tito de Morais (por mim evocado, dias atrás num post) e Rogério de Carvalho. Seria, por outro lado, prova imperdoável de esquecimento não recordar aqui o nome de um outro praticante do Ginásio Clube Português, (Tito de Morais foi trapezista do Lisboa Ginásio de Portugal) de voos de trapézio, o meu Compadre, Amigo, e Colega João Boaventura, antigo professor do Liceu António Enes, de Lourenço Marques, com quem mantenho profícua conversa diária, para o cérebro não “enferrujar”.

Rui Baptista

Dezembro 24, 2009

MIRANDELA DA COSTA E JOÃO BOAVENTURA

O Prof Arcelino Mirandela da Costa foi um dos grandes impulsionadores do desporto em Moçambique até 1974, e depois em Portugal.

O Prof. Boaventura foi meu professor de ginástica no Liceu António Enes em LM e mais tarde um dirigente desportivo em Portugal.

Como eu treinava natação duas vezes por dia, nas aulas de ginástica do liceu o Prof. Boaventura obrigava-se a jogar xadrez…

Create a free website or blog at WordPress.com.